quinta-feira, agosto 18, 2022
No menu items!
InícioDESTAQUECNI indica retração maior do PIB em 2015

CNI indica retração maior do PIB em 2015

Relatório divulgado indica retração de 1,6% do PIB, menor que o 1,2% previsto inicialmente

Com a queda da atividade industrial e o aumento da inflação a Confederação Nacional da Indústria (CNI) reduziu as estimativas de desempenho do Produto Interno Bruto (PIB, soma das riquezas produzidas no País) e da atividade industrial para 2015. A previsão, segundo o relatório trimestral Informe Conjuntural, divulgado nesta quinta-feira (9), é que o PIB fechará o ano com uma retração de 1,6% e que o PIB industrial recue 3,8%. No relatório divulgado em abril, a projeção para o ano era de retração de 1,2% no PIB e de 3,4% PIB industrial.

As previsões para 2015 indicam que a inflação ficará em 9,1%, estimativa acima do limite máximo da meta de 6,5% fixado pelo governo. “Esse dado está indicando claramente que este ano a meta não vai ser cumprida sequer no seu teto”, avalia o gerente-executivo de Políticas Econômicas da CNI, Flávio Castelo Branco. O relatório prevê que o consumo das famílias diminuirá 1,2% e taxa média de desemprego será de 6,7%. A estimativa é que os investimentos caiam 7,7%.

A queda de 3,8% do PIB da indústria em 2015 se deve às quedas de atividades como a da indústria de transformação (-6,4%) e da construção (-5,2%). De acordo com o relatório, a queda da indústria somada ao menor poder de consumo das famílias deve levar o setor de serviços a uma redução de 1% este ano.

A avaliação da CNI é que a recuperação da economia só deverá ocorrer em 2016. “Houve aprofundamento do quadro negativo, a deterioração da economia nos quatro primeiros meses foi mais intensa do que esperávamos no início do ano. A visão mais otimista de que essa recuperação possa começar na segunda metade do ano fica mais distante e deve ocorrer a partir de 2016”, disse Flávio Castelo Branco.

No Informe Conjuntural a CNI avalia que as janelas de saída podem ser as exportações e o investimento em infraestrutura. “Todavia, ambos têm impacto limitado no curto prazo e dependem de coordenação adequada de políticas para se materializarem”, registra o texto.

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -
Google search engine

Most Popular

Recent Comments

Antônio Deon Milhomem sobrinho on Deputado Dr. Gonçalo tem número de telefone clonado
José Ribamar Silva sobrinho on Que exemplo de parlamentar tem Jancimauro?