Mesmo decretando situação de emergência em 2017, Santa Rita nunca recebeu ajuda para auxiliar famílias atingidas por inundação

Mesmo decretando situação de emergência em 2017, Santa Rita nunca recebeu ajuda para auxiliar famílias atingidas por inundação

Por conta de inundação provocada por chuvas intensas, em abril de 2017, a prefeitura de Santa Rita, declarou situação de emergência nas localidades Carema, Sibirino, Maniva, Palmeiras e Mucura, com a finalidade de captar recursos que possibilitasse ações rápidas para a recuperação dos estragos e auxílio à população, num total de 176 desabrigados, 688 desalojados, 2.074 isoladas, totalizando 2.938 pessoas afetadas, ocasionando danos materiais estimados em R$ 796.000,00.


Diante da declaração municipal de atuação emergencial ‐ DMATE, apresentada pelo decreto N° 016/217, datado de 05 de maio de 2017, com formulário de informações a cerca do desastre, o município nunca recebeu dos Governos Estadual e Federal, os recursos necessários para o enfrentamento do problema.

Vale ressaltar, que o valor estimando, soma, lavoura, açudes, casas, e bens materiais em vários locais do município. Todo o suporte dado pela prefeitura municipal, foi autorizado pelo prefeito Dr. Hilton Gonçalo e bancado com recursos próprios do tesouro municipal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *