Sem investimento do governo municipal, saúde pública de Rosário clama por socorro

Sem investimento do governo municipal, saúde pública de Rosário clama por socorro

O município de Rosário tem pedido socorro em todos os aspectos que dependem de investimento do governo municipal, principalmente a área da saúde.

Em um momento em que o Brasil passa pela maior pandemia já vista na história, a prefeita Irlahi Moraes (MDB), não mostra nenhuma preocupação com o combate ao novo Coronavírus no município.

Na noite desta última sexta-feira (24), conversas de um grupo de WhatsApp deram conta do total descaso em que passa a Unidade Mista de Saúde de Rosário (SESP).

Sem nenhuma estrutura, pacientes com casos confirmados de Covid-19 estão em isolamento na referida Unidade de Saúde, e profissionais se limitam de acompanhar os pacientes por falta de EPI’s.

Em um áudio que está circulando por meio das redes sociais, uma enfermeira garante que um paciente chegou a gritar, com uma falta de ar muito grande, e os servidores não puderam fazer nada pois nem sequer uma luva a Unidade de Saúde possui.

Os funcionários confirmam ainda que estão pedindo socorro, sem nenhuma estrutura para fazer atendimento, sem luva, sem máscara, sem viseira, sem nenhum tipo de EPI’s para proteção.

O que não dá para entender, é que enquanto o município de Rosário passa por esse colapso na saúde pública, a prefeita Irlahi Moraes participa de ação social na Raposa, onde a custa da população de Rosário, tenta encaixar seu marido como pré-canditado a vice-prefeito no referido município.

Nos próximos dias, vamos continuar mostrando o total descaso da prefeita Irlahi Moraes para com a saúde de Rosário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *