sexta-feira, dezembro 9, 2022
No menu items!
InícioPoliticaWeverton Rocha termina semana em baixo astral e com sensação de que...

Weverton Rocha termina semana em baixo astral e com sensação de que pré-candidatura perdeu o fôlego

A badalada pré-candidatura de Weverton Rocha (PDT) ao Governo do Maranhão vem sofrendo duros reveses nas últimas semanas. Após Flávio Dino (PSB), deixar claro que Carlos Brandão (PSDB) é o seu preferido, o pedetista articulou vindas de Carlos Lupi (PDT) e Zé Dirceu (PT) para forçar a barra quanto ao seu nome. No entanto o que se viu ao longo da semana foi uma total falta de prestígio do senador maranhense, o que evidencia uma possível perda de fôlego.

Weverton usou a estratégia de apresentar o maior número de aliados. Foi anunciando aos poucos partidos que lhe apoiam e demonstrando possuir prefeitos e alguns deputados aliados, mas Flávio Dino já deixou claro que não quer o pedetista como governador e isso faz com que o pedetista vá sendo “esvaziado” aos poucos.

Por outro lado, Weverton possui duas grandes estruturas na mão, o Detran e a Sedes, razões suficientes que fazem com que o senador se mantenha calado e passe a engolir seco o esvaziamento da sua pré-candidatura, caso contrário ainda ficará mais fragilizado.

A fala da presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, ao longo da semana caiu como uma bomba. A petista afirmou: “Não tem nada decidido e encaminhado. Zé Dirceu foi a passeio, pelo que me disse. Qualquer articulação aí [no Maranhão] envolverá a direção estadual e nacional do PT”.

Para completar, o presidente estadual do PT, Augusto Lobato, declarou: “Aliança no Maranhão não tem que ser uma aliança eleitoral, mas uma aliança para derrotar o que tem de pior. Sinto de nossa parte [PT], eleger o Lula. No Maranhão é continuar o projeto ao lado do governador Flávio Dino. Na política você tem que ter lealdade e ter lado. Por isso, acho que o Brandão merece ser o candidato. Eu pessoalmente, vou trabalhar internamente pela candidatura do Brandão“.

Tudo isso caiu como uma bomba e implodiu toda a estratégia de Weverton Rocha, que vem perdendo aliados semanalmente.

Stênio Rezende marido da deputada estadual Andreia Rezende (DEM) e tio do deputado federal Juscelino Filho (DEM), já declarou apoio a Carlos Brandão; Edivaldo Holanda Júnior anunciou filiação ao PSD para disputar o governo do Maranhão, mas teve reunido na manhã de hoje com o Governador Flávio Dino; Yglesio Moyses anunciou que não vai mais para o PDT e seguirá com Brandão; Neto Evangelista (DEM), está cada vez mais distante.

São alguns exemplos do naufrágio da pré-candidatura de Weverton Rocha que termina a semana em baixo astral bem ao contrário de como ele desejava, uma vez que ida de Zé Dirceu a mansão do pedetista em Barreirinhas era para ser o abre-alas de uma semana empolgante, mas que termina assim como águas que correm a beira da residência do senador às margens do Rio Preguiças, bem calmas, quase parando…

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -
Google search engine

Most Popular

Recent Comments

Antônio Deon Milhomem sobrinho on Deputado Dr. Gonçalo tem número de telefone clonado
José Ribamar Silva sobrinho on Que exemplo de parlamentar tem Jancimauro?