Prefeitura de Vitória do Mearim quer torrar quase R$ 4 milhões com festa; MP deve barrar farra com dinheiro público

Na manhã da última segunda-feira , 18, a prefeitura de Vitória do Mearim – que tem como preposto o genro do prefeito, Juscelino Leite de Brito Junior, o Juninho (Secretário Municipal de Administração e Planejamento) – iniciou o pregão eletrônico número 023,  processo administrativo nº 020801/2021.

Clique aqui e veja o edital de licitação na íntegra.

O objetivo da licitação é a eventual contratação de empresa especializada na execução de serviços de organização, execução e realização dos eventos comemorativos no município.

Isso acontece em plena pandemia, onde inúmeras famílias passam necessidades básicas. Para Nato/Juninho, que já é tido na cidade como um dos piores gestores que por ali passaram, a ordem é festejar e não tentar mitigar os danos do coronavírus na vida do vitoriense.

Pessoas, próximas ao gestor, afirmam ao titular do blog que a gestão estaria “quebrada” pelo corte de repasses feitos ao município, o que parece não ser verdade.

Tudo isso acontece no mesmo dia em que a ex-prefeita, Dídima Coêlho (MDB) detonou a ingerência de Nato, que demonstra ser um neófito e não ter traquejo com a coisa pública.

Segundo o site Atual7, Coêlho jogou para o atual gestor de Vitória do Mearim, Nato da Nordestina (PL), a responsabilidade pela perda de R$ 14 milhões em verba federal que deveria ser recebida em 2021 pelo município, para aplicação na rede pública de ensino.

De Blog do Neto Cruz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *